Quem foi Wilhelm Reich? Conheça o precursor da revolução sexual

Quando estamos buscando nos inteirar sobre o poder e influência da psicanálise, não podemos deixar de falar de Wilhelm Reich, psicanalista austríaco, precursor da “revolução sexual”. Seu trabalho no campo dos efeitos psicossomáticos foi fundamental e suas teorias trazem muitos reflexos até os dias de hoje.

Se você quer entender melhor sobre o assunto e saber como essa abordagem terapêutica pode ajudar seus pacientes, está no lugar certo. Vamos lá?

Quem foi Wilhelm Reich, afinal?

Discípulo de Sigmund Freud, Reich já apareceu no meio da psicanálise com muita visibilidade: foi o grande responsável por criar uma nova abordagem que vai além das tradicionais intervenções verbais, partindo, também, para o corpóreo.

Nascido em 1897, na Ucrânia — à época, território pertencente ao Império Austro-Húngaro —, ele desenvolveu sua sexualidade desde cedo. Sua primeira experiência foi com a cozinheira da família, ainda aos 11 anos. Em seguida, fez muitas visitas a bordéis e, como explicado pelo próprio Freud, isso foi fundamental para o desenvolvimento das suas pesquisas.

Entrou para a Associação Internacional de Psicanálise em 1920, quando ainda era estudante de medicina, e permaneceu vinculado até 1934. Já em 1921, passou a atender pacientes encaminhados por Freud e, em 1922, criou o Seminário Psicanalítico de Viena, focado na pesquisa e aperfeiçoamento desse tipo de abordagem.

Reich foi o responsável por desenvolver a Análise do Caráter, um dos maiores legados deixados para os dias de hoje, e esteva sempre focado em compreender as origens das doenças mentais. Para isso, analisava as origens sociais e se engajava com um trabalho sociopolítico que visava a prevenção dessas doenças.

O grande problema foi a ascensão do nazismo e o cenário pré-guerra, que fez com que ele sofresse grandes perseguições. Suas pesquisas custaram seu desligamento da IPA (já que a instituição poderia acabar com seu envolvimento político) e levaram-no a refugiar-se na Noruega.

Em 1939, Reich se mudou para os Estados Unidos e fundou, em conjunto com Theodore Wolfe, a Sociedade Americana de Medicina Psicossomática. Depois de 1945, suas descobertas se diversificaram e começaram a atingir outros campos, como a puericultura, psicologia de massas e pesquisas experimentais.

Qual é a sua ligação com a revolução sexual?

Como adiantamos acima, Wilhelm Reich foi um dos estudantes mais promissores de Freud. Anos mais tarde, ele foi preso acusado de estar engajado em um “golpe” sexual, também conhecido como a revolução sexual.

Os Estados Unidos eram um país muito fechado para a psicanálise — prova disso foi que a mídia local considerava os trabalhos de Reich não melhores do que a astrologia. Ele foi considerado o líder de algo chamado de “o novo culto do sexo e anarquia”.

Dr. Reich pesquisava a força energética que o organismo tinha, algo que era muito revolucionário para a época — pense que estávamos na década 40. A FDA (Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos) acreditava que ele tinha ido longe demais.

Enquanto Freud tratava a repressão sexual e neurose, Reich foi a outro patamar, explorando que a dificuldade de se render ao orgasmo vinha de traumas, gerava a neurose e, por fim, acaba guiando ao autoritarismo. Como você imagina, algo totalmente novo e inovador para a época.

Tudo isso era embasado por uma análise do caráter, ajudando os pacientes a revelar o bloqueio físico que tinham e como isso dificultava na hora de obter prazer. Esse tipo de pensamento fez com que ele precisasse se defender, pois utilizava aparelhos que ajudavam nesse tipo de diagnóstico. O tribunal proibiu o uso desses aparelhos e queimou livros e periódicos.

Quais foram as principais contribuições?

Os discípulos de Reich difundiram a abordagem em vários países, explicando sobre a Psicoterapia Corporal. Além disso, sua pesquisa clínica e com foco no experimento fez com que a relação de soma e psiquismo ficassem mais claras.

Suas pesquisas focadas na energia orgânica foram importantíssimas para fundamentar novas concepções energéticas, relacionando com conceitos de libido e energia psíquica na sexualidade.

Wilhelm Reich é um dos principais nomes dos efeitos psicossomáticos. Suas descobertas são fantásticas e vão além do envolvimento psíquico, trazendo envolvimento nas disfunções corporais. Para continuar se inteirando sobre o assunto, que tal aproveitar e ler sobre como iniciar os estudos sobre psicanálise?

2 comentários para este post
  1. Qual autor do seculo XXI tem teoria que abarca os primeiros, como Freud, Jung, Reich e outros do seculo XIX e XX? Alguem que nos traga a psicanalise de Freud com as novas pesquisas e atualidades cientificas nas areas afins? hoje 17/08/2017

Deixe uma resposta para Comercial SBPI Cancelar resposta