7 séries para psicanalistas que você precisa acompanhar

Séries de televisão costumam ser ricas em personagens e um espaço vasto para a discussão das relações humanas, o que atrai a atenção de psicólogos, psiquiatras e terapeutas. Algumas, porém, colocam o tema da psicanálise como centro da trama, levantando questões mais complexas.

Se você faz parte do público interessado nessa abordagem, veja quais séries para psicanalistas você não pode perder!

In Treatment

Baseada em um seriado de sucesso da TV israelense (BeTipul) e vencedora de um Globo de Ouro e dois Emmys, In Treatment começou a ser exibida pela HBO em 2008 e teve três temporadas.

O drama gira em torno do psicoterapeuta Paul Weston (Gabriel Byrne) e suas sessões semanais com diferentes pacientes. Cada episódio foca em um único caso e também acompanha Weston, que passa a questionar suas habilidades, deitando-se no divã para conversar com sua mentora Gina Toll (Dianne Wiest).

Sessão de Terapia

Sessão de Terapia é a adaptação brasileira de In Treatment. Dirigida por Selton Mello e produzida por Roberto D’Ávila, a série estreou em 2012 no canal GNT.

A história é a mesma das versões israelense e norte-americana: um psicoterapeuta, interpretado por Zécarlos Machado, atende um paciente por episódio e os espectadores acompanham as sessões. O próprio protagonista enfrenta seus problemas com a esposa e o filho mais velho, que vive um momento difícil. Vale a pena assistir e comparar com o seriado gringo.

Lie To Me

Com o experiente ator Tim Roth no papel principal, a série é inspirada no trabalho e na vida do psicólogo Paul Ekman, pioneiro no estudo de emoções e expressões faciais.

A trama apresenta o Dr. Cal Lightman e sua habilidade de detectar quando uma pessoa está mentindo somente a partir da linguagem corporal. Com esse talento, Lightman e sua equipe de peritos participam de investigações criminais e ajudam clientes que simplesmente querem saber se alguém está escondendo algo.

Psi

Psi, uma produção nacional para a HBO, segue o cotidiano do psicanalista Carlo Antonini (Emílio de Mello), que lida com casos inusitados e gosta de desvendar crimes em suas horas vagas.

Nos episódios que combinam cenas de ação com questionamentos existenciais e morais da modernidade, Antonini também troca experiências com a vizinha e colega de profissão, Valentina (Claudia Ohana), e o amigo coveiro, Severino (Raul Barreto).

A série, cuja terceira temporada está confirmada para 2017, foi criada pelo psicanalista Contardo Calligaris e é baseada em dois romances escritos por ele: Conto do Amor e A Mulher de Vermelho e Branco.

Mental

Essa série da FOX é liderada pelo jovem psiquiatra Jack Gallagher (Chris Vance), que assume a diretoria da área de saúde mental de um hospital em Los Angeles e põe em prática métodos pouco ortodoxos para tratar seus pacientes. Porém, as técnicas do brilhante doutor são consideradas inovadoras e bastante eficazes, fazendo com que as pessoas que trabalham com ele relevem as regras quebradas.

Perception

Mais um exemplo de colaboração entre a psiquiatria e a Lei. Em Perception, que durou três temporadas, o Dr. Daniel Pierce (Eric McCormack) é um excêntrico e paranoico neurocientista que conhece bem o comportamento humano e o funcionamento da mente. Com essa habilidade, é recrutado por Kate Moretti, agente do FBI e sua ex-aluna, para resolver complicados casos criminais.

Web Therapy

Na série on-line Web Therapy, a engraçadíssima Lisa Kudrow (de Friends) vive a terapeuta Fiona Wallice, que usa a internet para tratar pacientes de uma maneira diferente. Com sessões curtas de três minutos pela webcam, ela espera ouvir apenas aquilo que considera relevante para obter resultados mais rápidos. O seriado, claro, é bem-humorado e contou com alguns convidados ilustres, como Meryl Streep e Steve Carell.

Opções de séries para psicanalistas não faltam e outras também valem uma espiada, como Huff, Criminal Minds, Necessary Roughness, Gravity e Tratamento de Choque. Até mesmo as comédias podem trazer algum elemento interessante relacionado à psicanálise, então aproveite!

Gostou das sugestões? Então compartilhe este post nas suas redes sociais!

6 comentários para este post

Deixe uma resposta para Mari Cancelar resposta